Dica para ouvir: Dona Cislene

Brasília é uma referência no cenário musical brasileiro e a Banda Dona Cislene representa o cenário underground atual. Sua formação vem com Bruno Alpino (vocalista), Guilherme de Bem (guitarrista), Pedro Piauí (baixista) e Paulo Sampaio (baterista); Desde que o quarteto lançou o disco financiado Um Brinde aos Loucos, explodiu no cenário musical.

Em 2015, a Dona Cislene lançou um single com a participação de Dinho e de Digão. Firmando a amizade dos músicos e a troca de experiências, a faixa recebeu o nome de “Ilha” e foi lançada em agosto.

Recentemente, lançaram o segundo álbum Meninos & Leões, com letras marcantes e sem deixar a essência do seu estilo musical. Este disco está disponível no Spotify e Yuotube.

Youtube

Acompanhe as Redes Sociais da Banda:

www.donacislene.com

Instagram

Dica de lugares: Café Piu Piu

O Café Piu Piu, localizado no Bixiga, oferece música ao vivo ao público. A programação é toda voltada ao rock com Bandas que animam o ambiente.  Como parte da programação, entre um show e outro, a casa ainda recebe espetáculos de dança, shows de mágica e até música erudita.

A casa funciona de terça a domingo.  Está localizado na Rua Treze De Maio, 134 – Bixiga – São Paulo – SP.

www.cafepiupiu.com.br

Dica para ouvir: Banda Dixon

A Banda Dixon é uma banda de rock, original de São Paulo, possui uma grande influência do Hard Core, do reggae e Ska. Sua formação vem desde 2008, com os irmãos Felipe (Choco) e Renan Fioroto, após alguns anos, entraram o guitarrista Caíça e o baterista Tutu.

No ano de 2011, foi lançado o primeiro EP da banda Vibe Dixiniana, junto com o lançamento do clipe Vem Comigo. No ano seguinte, eles venceram o festival Skema 110 (festival de Bandas do Hangar 110).

Já em 2013, a banda lançou seu segundo EP Eu quero Ver o Sol, ao mesmo tempo, com a divulgação do single Essa Noite e participação de Natz Barretti. O último clipe lançado Diz Pra Mim, já tem mais de 19 mil visualizações no Yuotube.

Banda Dixon – Diz Pra Mim (Clipe Oficial)

Acompanhe as redes sociais da Banda:

https://twitter.com/bandadixon

Instagram

https://www.facebook.com/bandadixon/

Dica de lugares: A Lanterna

A Lanterna é uma das casas mais badaladas da Vila Madalena e possui vários ambientes que agradam a um público bem variado. Na pista, tem os DJs que mesclam variadas música. Além de, ter música ao vivo.

Para quem é aniversariante do mês, a pessoa ganha um passeio de limusine. A casa oferece Vips e Reserva de Mesa no camarote.

Localizado: Rua Fidalga, 531 – Vila Madalena – São Paulo – SP.

https://www.facebook.com/lanternabar/?ref=br_tf

Dica Livro: O Preço da paz

SAIUUUU vídeo novo!!!
A Dica de livro hoje é O Preço da paz
Um livro que mostra as coincidências dessa vida ou será destino que coloca alguém nas nossas vidas quando menos esperamos. A narrativa também fala sobre o perdão, que precisamos ter para evoluir como pessoa. Evoluir espiritualmente.

Dica de Filme: A Família Bélier

O Filme conta a história de uma família francesa que vive em uma cidade no interior e tem como renda a produção própria de laticínios de sua pequena propriedade. O grande diferencial dela é o fato de todos serem surdos, exceto Paula.

Paula é uma adolescente típica de 16 anos que vive os conflitos normais de sua idade: primeira paixão, amizades, inseguranças e sonhos. Além disso, ela é intérprete de seus pais e do irmão, que dependem dela para se relacionar com o resto do mundo. De forma inesperada, Paula descobre possuir um talento excepcional para cantar e é estimulada a participar de um concurso para estudar em uma respeitada escola de canto de Paris. A adolescente passa a viver em conflito por ter que escolher entre seu talento e a família.

A Família Bélier poderia ser um filme sobre conflitos familiares como tantos outros que o cinema já retratou, mas se torna único pela singeleza de seus personagens. Um filme que retrata a coragem necessária que às pessoas se dispõem a praticar o amor na sua mais genuína expressão.

Um filme lindo de ver, sentir e ouvir!

Dica de lugares: She Rocks

A casa conta com decoração pelo arquiteto Górios Neto em parceria com Tito Sanchez que trouxeram clima intimista para o projeto. A She Rocks tem programação com bandas pop/rock e DJs para agitar a noite paulistana. O local tem camarotes personalizados e elegantes, com vários espelhos ao seu redor.

A She Rocks funciona de Segunda-feira á sábado, a partir das 23h. Está localizado na Rua Tabapuã, 1460 – Itaim Bibi – São Paulo – SP.

www.facebook.com/sherocks.sp?fref=ts

www.sherocks.com.br

Dica do Dia: SÊLA – Festival de Música.

Propondo uma libertação dos estereótipos femininos na música e buscando autonomia e consolidação de espaço no meio, a SÊLA traz mulheres protagonistas de suas obras e fundamentais para o cenário musical contemporâneo e para o que está por vir. O festival acontece dia 24 de junho (Sábado), das 16h às 23h.

Programação:

17h – Marina Melo

18h – BrisaFlow

18h50 – Paula Cavalciuk

19h40 – Camila Garófalo

20h30 – Nina Oliveira

21h20 – Marcelle Equivocada

Onde: Associação Cultural Cecilia (Centro)

Rua Vitorino Carmilo, 449 – Barra Funda, São Paulo – SP, 01153-000

Quanto: Gratuito

Dica do Dia: Anaïs Nin – À flor da pele

O monólogo é encenado por Flávia Couto, que se inspirou nos diários íntimos e correspondências secretas da autora de “A Casa do Incesto” para retratar sua luta pela liberdade artística, sexual e emocional em meados da década de 1930.

Em um cenário que remete ao “quarto de palavras” da autora, o público ouve as confissões e mergulha nas aventuras que se passam ora na provinciana Louveciennes (cidade a 30 quilômetros de Paris), ora na capital francesa ameaçada pela Segunda Guerra Mundial, ora na agitada e libertina Nova Iorque.

Quem foi Anaïs Nin?

Filha de um compositor cubano e de uma cantora com ascendência cubana, francesa e dinamarquesa, Anaïs Nin nasceu na França, mas se mudou com a mãe para Nova Iorque logo que seus pais se separaram. A ausência do pai foi um dos principais motivos que a levaram, ainda adolescente, a escrever.  Ficou famosa pela publicação de seus diários íntimos, que narravam situações e temas polêmicos para a época, tais como as aventuras sexuais com amantes e o caso de incesto com seu pai. Foi oficialmente bígama, ao se casar em 1955 com Rupert Pole, sendo ainda esposa de Hugh Guiler. Por ser uma mulher livre e persistir firme na defesa pelo seu estilo pessoal de escrita e espaço como autora, foi considerada uma referência para movimentos emancipatórios femininos.

Onde: Oficina Cultural Oswald de Andrade

Quando: 19 de junho a 12 de julho – segundas, terças e quartas, às 20h

Quanto: Gratuito (retirada de ingressos uma hora antes)

Dica do Dia: O Beijo no Asfalto

Adaptação da obra de Nelson Rodrigues

A montagem é um texto original de Nelson Rodrigues, que mostra a reviravolta na vida do jovem Arandir, que presencia o atropelamento de um desconhecido e, atendendo a um pedido deste à beira da morte, lhe dá um beijo na boca.

Um repórter ganancioso por notícias presencia o fato e vê neste ato de um homem beijar outro homem a possibilidade de vender mais jornal e ganhar muito dinheiro.

O caso ganha espaço na imprensa por jornalistas e por policiais sem ética que não temem invadir a privacidade familiar. Destilando a crueldade e o preconceito na sociedade.

Onde: Teatro Ruth Escobar – Sala Miriam Muniz – Rua dos Ingleses, 209 – Bela Vista.

Quando: 19 de Junho até 21 de Junho; segunda, terça e quarta, às 19h e às 21h;

Quanto: Gratuito (Chegar com uma hora de antecedência para retirada de senha).