Dica para o Final de Semana: Peter Pan e Sininho na Terra do Nunca

Em um mundo encantado chamado A Terra do Nunca, se passa a fantástica história de um menino que não quer crescer, conhecido como Peter Pan. Junto com a sua amiga fada Sininho, Peter acaba indo parar na casa dos irmãos Wendy, João e Miguel, e levando-os então, para uma aventura inesquecível em sua Terra. No caminho surge o inimigo terrível, Capitão Gancho, que os avista e decide atacar o grupo de amigos.

Local: Teatro Bibi Ferreira (Paulista) – Avenida Brigadeiro Luis Antônio, 931 (Bela Vista)

Telefone: 3105-3129

Até 26 de Novembro; Domingos, às 16h15.

Na bilheteria: R$ 50,00

Dica para o Final de Semana: A Visita da Velha Senhora

A peça conta a história dos cidadãos de Güllen, uma cidade arruinada. Os moradores estão ansiosos com a chegada de uma milionária que prometeu salvá-los da falência. No jantar de boas-vindas, Claire Zahanassian impõe a condição: doará um bilhão à cidade se alguém matar Alfred Krank, o homem por quem foi apaixonada na juventude e a abandonou grávida. Tendo a proposta rejeitada, Claire decide esperar hospedando-se com seu séquito no hotel da praça principal.

Local: Centro Cultural Fiesp Paulista) – Avenida Paulista, 1313 (Cerqueira César)

Até 26 de Novembro – Quintas, sextas, sábados e domingos, ás 20h.

Preço: Gratuito

Dica para o Final de Semana: Uma História de Vidas Passadas

O Espetáculo é baseado em uma história real e com voz em off de Thiago Lacerda. Cinco vozes interpretam Fabiana, que quando jovem, sonhava em ser artista, mas impedida e humilhada por sua família que a subjugava incapaz e inferior, entra em depressão. Nesta mesma fase, descobre-se apaixonada por um cantor quando ele vem a falecer. Em crise, faz regressões de memória que a levam a França no século XVIII e descobre que este amor teve início em sua vida passada. Fabiana tenta encontrar motivos para continuar a viver, mas ainda precisa voltar a acreditar em si mesma.

Local: Teatro do Ator (Centro)

Até 28 de Outubro; Sábados, às 20h.

Na bilheteria: R$ 50,00

Dica de Show: Filipe Catto

Dia 29, domingo, acontece o show de dois violões e voz: a voz de Filipe Catto e os vilões de Pedro Sá e Luís Felipe de Lima. Um show que tem um repertório com as gravações dos discos anteriores (Fôlego e Tomada) como “Do fundo do Coração”, “Saga”, “Adoração” e “Depois de Amanhã”, além de releituras para Portishead, Marilia Mendonça e Vinicius de Moraes.

Este show acontece no Sesc Bom Retiro. Localizado na Alameda Nothmann, 185 – Campos Elíseos.

Valores:

Inteira R$ 30,00

Meia R$ 15,00

Credencial Plena R$ 9,00.

Não recomendado para menores de 12 anos

Dica para o Final de Semana: Paralamas em Cena

O musical terá como fonte de inspiração o repertório da banda num espetáculo que mescla música e teatro. Além de fazer homenagem à música brasileira, o projeto MPB em Cena busca também novos talentos para participar da montagem.

Local: Teatro Folha (Centro) – Avenida Higienópolis, 618 – Piso 2 (Dentro do Shopping Pátio Higienópolis) (Higienópolis)

Até 26 de Outubro; Quartas e quintas, às 21h

Na bilheteria: R$ 40,00

Dica para o Final de Semana: Enquanto Ela Dormia

A peça é voltada ao universo feminino e mostra os abusos, violências e a constante marginalização social do gênero. O enredo, por meio de cenas impactantes, é capaz de desenvolver uma atmosfera dramática, que demonstra e reflete sobre questões do interior feminino.

Local: Centro Cultural Fiesp (Paulista) – Avenida Paulista, 1313 (Cerqueira César)

Até 22 de Outubro (Quartas, quintas, sextas e sábados, às 20h30) e aos Domingos, às 19h30.

Preço: Gratuito

Daily Vlog – Expomusic 2017

SAIUUU Vídeo novo

O Dicas da Paty conferiu a Expomusic, evento internacional de música, áudio, iluminação e acessórios.

Acompanhe as bandas que estão no vídeo:

NDK:
www.ndkoficial.com.br

https://www.facebook.com/ndkoficial

Kilotones:

https://www.kilotones.com.br

https://www.facebook.com/kilotonesoficial

 

P7:

www.p7oficial.com

Gabi Luthai
https://www.facebook.com/GabiLuthaiOficial/?ref=br_rs

 

Curta, compartilhe e comentem o que acharam.

Dica para o final de semana: Senhor das Moscas

A peça mostra a história de Crianças inglesas que ficam presas em um colégio interno, após a queda do avião que as transportava para longe da guerra. A situação se torna mais complexa quando aparece um “bicho” para aterrorizá-los. Então as crianças escolhem um símbolo sobrenatural: uma cabeça de porco espetada numa estaca, que eles batizaram como Senhor das Moscas e para quem pedem proteção contra os perigos da ilha.

Local: Teatro do SESI (Paulista) – Avenida Paulista, 1313 (Cerqueira César)

Até 3 de Dezembro (Quinta, sexta e sábado às 15h) e domingos, às 14h30

Preço: Gratuito

Dica para ouvir + Entrevista com a Banda Soulvenir

A banda maranhense Soulvenir está na estrada desde 2011, com um som que mescla entre o indie rock, folk, pop e ritmos eletrônicos. Em 2016, lançaram o primeiro single do disco ‘Uterearth’, chamado Gravity, gravado no estúdio Casa do Mato, no Rio de Janeiro. A produção foi assinada por Rodrigo Vidal e foi disponibilizada nas plataformas digitais, como Spotify, Deezer e Apple Music.

Neste Disco, está a canção “Wild Angel”, que ganhou um clipe que pode ser visto logo abaixo:

Formada por Adnon Soares (vocal e guitarra), Domingos Thiago (guitarra e backing vocal), Marlon Silva (baixo e backing vocal), Wilson Moreira (bateria) e Sandoval Filho (sintetizadores e backing vocal). A banda, foi vencedora da primeira edição do concurso internacional EDP Live Bands em 2016, e garantiu apresentação no NOS Alive 2016, um dos maiores festivais da Europa.

O Dicas da Paty bateu um papo com essa galera que fala sobre o surgimento da Banda, processo criativo e produção do novo DVD.

Curta, compartilhe e comentem o que acharam.

 

– Como aconteceu a formação da banda?

A banda surgiu em meados de 2011, após o encerramento de outras bandas que os integrantes participavam. Havia antes da banda uma relação mais próxima, tanto por convívio no cenário musical do Maranhão na época, tanto pela relação pessoal de amizade; além de parentesco (Domingos Thiago, guitarrista, e Sandoval Filho, sintetizadores, são irmãos e tios do primeiro filho do Adnon), onde o nosso vocalista, Adnon Soares, foi o ponto que reuniu todos os integrantes para apresentar algumas composições que ele tinha, paralelo ao antigo projeto musical que ele e o Wilson (bateria) tinham. Passamos por uma boa temporada de preparativos das músicas que iriam fazer parte do nosso primeiro álbum, “Galaxy Species (2014)”. E até hoje continuamos com a formação inicial.

– Como surgiu a ideia para o nome da banda?

O nome da banda, primeiramente era Souvenir (palavra que vem do francês, para se referir à lembrança), e era o termo que achamos que poderia remeter um pouco ao que passamos nas músicas, uma sensação de nostalgia e outras coisas ligadas a boas lembranças. Posteriormente mudamos o nome, acrescentando o L (Soulvenir) por conta de outros trabalhos terem o mesmo nome.

– Vocês sempre tiveram vontade de seguir com a área musical ou tinham outros planos?

O nosso foco sempre foi música. Todos na banda, ainda que com atividades paralelas, sempre priorizaram a música. Sempre trabalhamos tocando nas noites maranhenses, participando também de trabalhos autorais de amigos do cenário (parte do Soulvenir acompanhou o cantor e querido amigo Phill Veras por uma temporada, além de outros projetos musicais). Dois dos nossos integrantes são produtores musicais ativos no cenário maranhense e assim vamos priorizando a música.

 – Para quem não conhece vocês, como vocês descreveriam a banda?

A gente poderia descrever como um sonho que, cada vez mais, vem tomando forma, com todo o carinho e energia que é depositado em forma de canções.

– Quais são as influências musicais de cada um?

Como somos cinco, são as mais diversas possíveis. O rock existe como elemento em comum de todos, mas existem muitas outras linhas musicais que gostamos, como reggae, jazz, blues, ritmos locais (tambor de crioula, por exemplo), maracatu, ritmos africanos, música eletrônica. Varia muito, mas todo tipo de som que nos passa uma energia boa, tá valendo demais!

– Sobre o processo criativo, um fica responsável pela letra e outro melodia ou é um processo colaborativo?

Geralmente, grande parte das composições parte do Adnon Soares (vocal), aonde ele vinha com muitas das ideias já prontas e a banda toda ia fazendo suas colaborações, às vezes em algumas letras compostas em conjunto, como “Reach Out The Sun” (do nosso primeiro álbum). No “Uterearth”, nosso novo álbum, o processo já foi um processo muito mais colaborativo, onde o Adnon apresentou alguns “esqueletos” das músicas (bases, melodia e letra) e fomos compondo todas as estruturas.

– Como surgiu a ideia do clipe “Wild Angel”?

O clipe veio do Domingos Thiago (nosso guitarrista), com imagens de Marcelo Cunha, aproveitando as instalações do estúdio Casa do Mato (RJ), onde nos internamos ao lado do Rodrigo Vidal (produtor musical/diretor musical do programa “Música Boa” – Multishow) pra gravar o segundo álbum. Também foi feito todo o registro dos dias no estúdio para a criação de um documentário dessa nova fase.

– Como está sendo o preparativo do lançamento do DVD? Conte-nos como foi à produção?
O processo do DVD surgiu bem rápido, de conversas da banda sobre a necessidade de registrar esse material recém-lançado e também mesclando as canções que o público mais curte nos nossos shows. Graças a muita gente conseguimos realizar mais esse sonho. Foi um trabalho totalmente colaborativo, com profissionais todos do Maranhão (em sua maioria, mulheres). A gravação durou dois dias, no ponto mais alto de São Luís (Marcus Barbosa Intellgiente Office), com produção ( e apoio imensurável) da Basarone Produções e Musika S.A, com direção de Laila Razzo e captação de áudio do Black Room Estúdio (também responsável pela mixagem das gravações).
Estamos agora na finalização do material, para lançar o mais breve possível, sendo os vídeos editados pelo Domingos Thiago.

Dica para o Final de Semana: Expomusic

Entre os dias 4 a 8 de outubro, no Anhembi, em São Paulo, acontece a Expomusic. Um dos maiores eventos profissionais da música no mundo, e segue a tendência internacional de reunir negócios, entretenimento, conteúdo e educação.

Os dois primeiros dias (4 e 5) são abertos exclusivamente a lojistas, compradores e profissionais do setor, e os demais (6, 7 e 8), aos amantes da música em geral, mediante bilheteria.

No Pavilhão de Exposições do Anhembi estarão expostas as novidades em instrumentos e acessórios de grandes marcas mundiais. São milhares produtos lançados por empresas nacionais e estrangeiras, de diversos países, que os visitantes podem degustar.

No lugar da praça de alimentação, o Expomusic Fest reúne uma série de atrações para os visitantes, como food trucks, bar, exposição de fotos, pinturas, grafites e pôsteres, estúdio de tatuagem, salão de beleza e barbearia, lojas temáticas, exibição de musicais e shows, espaço para crianças e muito mais.

A Arena Expomusic, na parte externa do pavilhão, é o espaço para shows no Palco Flutuante, onde acontecem atrações como Rock Lounge, Aquarian Day Drum Show e o Festival das Escolas de Música.

O evento conta, ainda, com o Expomusic Talks, que recebe especialistas e representantes de marcas consagradas e startups para tratar de temas como inovação, tecnologia, marketing, varejo, carreira e outros. A Expomusic reserva também um espaço especial para a Musicalização Infantil, onde crianças participam de oficinas de iniciação musical.

Uma das novidades da Expomusic deste ano é o do IA – Salão de Iluminação e Áudio PRO, realizado nos três primeiros dias da Expomusic (4 a 6 de outubro) no Hall Nobre II do complexo do Anhembi. O espaço foi criado especialmente para atender aos profissionais que visitam a feira em busca de tecnologias, soluções e novidades em sonorização e iluminação para shows ao vivo, efeitos especiais, instalações e projetos comerciais de grandes empresas, governos, lojas, shopping, estúdios, templos, igrejas, teatros e outros.