Dica de Filme: O Físico

O filme O Físico é baseado no livro homônimo, de Noah Gordon. A produção cinematográfica não chega a ser envolvente, mas existe detalhes curiosos que fazem o filme ter lá o seu charme. O personagem Rob Cole, fica órfão ainda bem jovem, quando sua mãe é vitimada pela “doença do lado”. Ele cresce e sua paixão pela “Medicina” aumenta e, por conta disso, Rob vai para a Pérsia e se faz passar por um judeu para ser aceito em uma espécie de hospital/escola. O Dono desse local é Ibn Sina, o maior sábio do oriente quando o assunto é curar ou aliviar o sofrimento humano. Rob logo se torna o melhor discípulo de seu mestre e acaba por descobrir a causa e a transmissão da Peste Negra e, mais tarde, ao dissecar um cadáver (algo proibido no território islâmico), descobre que a “doença do lado” nada mais era que Apendicite Aguda – como hoje é conhecida. Patologia esta que até hoje tem sua terapêutica baseada na cirurgia de retirada do apêndice, como única abordagem médica possível.

O Físico é um filme comum, com um roteiro simples e vai agradar aos simpatizantes dos assuntos médicos e/ou dos eventos históricos do século XI.

Dica de Filme: Mil vezes boa noite

 

Mil vezes boa noite é um filme comovente, que revela toda a angústia de uma profissional que ama seu ofício a ponto de colocar sua vida em risco para denunciar os horrores e os absurdos das guerras, sejam elas justificadas por qualquer ideal ou crença.

A personagem principal, uma fotografa, faz de sua revolta e indignação combustíveis que a torna insaciável na busca da melhor foto que denuncie as barbaridades humanas. Coloca em risco sua vida física e familiar. E por que ela faz isso? Simples: sua consciência não a permitiria fazer diferente!

Um filme lindo!!!!

Quanto à interpretação de Juliette Binoche, dispensável os comentários. É uma atriz que nasceu para nos encantar com seu ofício, de dar luz e foco a personagens que falam do que há de mais humano em nós mesmos!